QUARTA-FEIRA – 14/JANEIRO/2015

STA. MACRINA,a VELHA (340). Esta santa foi a mãe de um santo (Basílio, o Velho) e avó de outros quatro santos (Basílio, o Grande, Gregório de Nissa, Pedro de Sebaste e Macrina, a Jovem)!

BTO. PEDRO DONDERS (1809-87). Sacerdote redentorista, apóstolo, cuidava dos escravos das plantações e dos leprosos no Surinam. O papa S.João-Paulo ll beatificou-o em 1982.

Hebreus 2, 14-18 ; Sal 104,1-4. 6-9 ; Marcos 1, 29-39

POR MEDO DA MORTE (Hebr.2,14-18). O vocabulário do medo e da escravatura evoca, num plano anterior ao texto, a lembrança do Êxodo: o povo que vivia dominado no Egipto teve que enfrentar o medo da morte para partir, atravessar o mar e assumir o risco da liberdade. É de de facto o medo do sofrimento e da morte que nos impede dar uma resposta livre ao apelo de amar, ao risco de expôrmos a nossa vida. Ora Jesus viveu uma vida inteiramente semelhante à nossa; tal como nós, Ele afrontou a angústia e a morte. Porisso, ao encarregar-Se por amor da Sua própria morte, Ele abriu-nos o caminho : a morte continua a ser uma provação (que também Ele viveu), mas Cristo faz-nos atravessá-la consigo.

JesusCuraASograDePedro_Monreal“A SOGRA DE SlMÃO ESTAVA DE CAMA…” (Marcos 1,29-39). O pequeno milagre desta cura dá-nos três informações surpreendentes: S. Pedro era casado, gostava da sua sogra e não tinha abandonado a família. Simão deixara de facto a família para seguir Jesus, mas não abandonara os familiares em sofrimento: ele afastara-Se dos seus por causa de Jesus mas traz Jesus à sua família para a salvar. A nossa relação com o mundo, com a nossa família humana, deveria ser à imagem desta relação paradoxal de Simão-Pedro com a sua família : estar no mundo sem ser do mundo, é deixar o mundo para se pôr aao seviço de Cristo, e salvar o mundo trazendo-lhe Cristo. Então Ele tomá-lo-à pela mão, erguê-lo-à, e o mundo servirá a Deus, tal como a sogra de Pedro.

“Meditações Bíblicas”, trad. Irmãos Dominicanos da Abadia de Saint-Martin de Mondaye (Supl.Panorama, Ed.Bayard). Selecção e síntese: Jorge Perloiro.