SEXTA-FEIRA – 26/DEZEMBRO/2014

STO. ESTEVÃO (séc. I). Estêvão foi o primeiro mártir da Igreja. Morreu lapidado depois da ressurreição de Cristo

Actos 6, 8-10 ; 7, 54-59 ; Sal 30, 3cd-4. 6. 16bc. 17 ; Mateus 10, 17-22

SantoEstevaoESTÊVÃO, PROTO-MÁRTlR (Mat.10,17-22). A liturgia celebra, no dia a seguir ao Natal, a festa do 1º mártir da Igreja: o diácono Estêvão. Jesus, desde o primeiro instante da Sua vinda ao mundo, introduz-nos no mistério da Sua Páscoa. Sendo discípulos de Cristo não podemos refugiar-nos num casulo piegas, com o pretexto duma religião consoladora. Para seguir a Cristo, não há outro caminho a não ser o de dar a própria vida em todas as circunstâncias. Mas os discípulos não estão abandonados a si mesmos. Na medida em que forem autênticamente disponíveis, O Espírito de Deus falará e agirá neles, e nem a morte O poderá afastar. Abandonemo-nos inteiramente ao que permanece, ultrapassando o reflexo espontâneo que nos faz crer estar mais vivos quando nos agarramos ao que é passageiro, para assim estar Vivos segundo a Eternidade de Deus.

“Meditações Bíblicas”, tradução dos Irmãos Dominicanos da Abadia de Saint-Martin de Mondaye (Suplemento Panorama, Edição Bayard, Paris). Selecção e síntese: Jorge Perloiro.