SÁBADO – 27/DEZEMBRO/2014

1 João 1,1-4 ; Sal 96,1-2. 5-6. 11-12 ; João 20, 2-8

SaoJoaoApostoloeEvangelistaO discípulo amado do 4º evangelho está associado ao apóstolo João que tinha grande proximidade com Jesus. Ele está presente em todas as etapas importantes do ministério de Jesus. É ele que recebe Maria depois da morte dO Mestre; e é também ele, que – no momento da Ressurreição -, atesta de maneira decisiva aquilo que viu e naquilo que acredita. Pedro tem o papel da autoridade, conferida por Cristo, mas João é o discípulo que mais se identifica com Ele, que vive uma vo-cação de perfeita ressonância – objectiva e subjectiva – com Jesus. João é por excelência aquele que foi chamado a acreditar duma forma absolutamente pessoal e carismática. Mas Pedro e João não andam um sem o outro e a sua complementaridade é fecunda. Evitemos o perigo de julgar que só há uma maneira para abordar as coisas da fé. Nestes dias de Natal, acolhamos a fé comum da Igreja e procuremos que ela se identifique cada vez mais connosco, para podermos ser testemunhas verídicas, entusiastas e alegres.

“Meditações Bíblicas”, tradução dos Irmãos Dominicanos da Abadia de Saint-Martin de Mondaye (Suplemento Panorama, Edição Bayard, Paris). Selecção e síntese: Jorge Perloiro.