SÁBADO – 13/DEZEMBRO/2014

SantaLuziaSTA. LUZIA (304). Natural de Siracusa, esta virgem foi martirizada na perseguição de Diocleciano. Prometida a um nobre da cidade, após a cura milagrosa da mãe, Luzia deu aos pobres todos os bens e renunciou ao casamento. O noivo sentiu-se traído e acusou-a de ser cristã. Celebra-se em Dezembro devido à raíz do seu nome, em latim, ser “luz”. STA. Luzia ficou associada à Luz vinda ao mundo para salvar os homens. Padroeira dos cegos, as suas relíquias estão em Veneza.

Ben-Sirá 48,1-4. 9-11 ; Sal 79, 2-3. 15-16. 18-19 ; Mateus 17,10-13

“ELES NÃO O RECONHECERAM…”(Mat.17,10-13). Terá João Baptista fracassado? É o que pareceria aos contemporâneos, testemunhas da morte e dispersão dos discípulos. Porém, nós cremos que nele se cumpriu a Escritura e se realizou o desígnio de Deus, pois Deus faz dos nossos fracassos, êxitos. Basta entrarmos na nova dimensão do tempo escatológico de Deus que sendo advento, é já presente.

“Meditações Bíblicas”, tradução dos Irmãos Dominicanos da Abadia de Saint-Martin de Mondaye (Suplemento Panorama, Edição Bayard, Paris). Selecção e síntese: Jorge Perloiro.