QUARTA-FEIRA – 26/NOVEMBRO/2014

BeatoTiagoAlberioneBTO. TIAGO ALBERIONE (1884-1971). Desejoso de pregar o Evangelho com os meios de comunicação modernos, este sacerdote piemontês criou dez institutos especializados que hoje formam a grande família dos Paulistas. Costumava dizer: “A maior penitência é a vida comum”. Foi beatificado em 2003 pelo Papa S. João-Paulo II.

Apocalipse 15,1-4 ; Sal 97,1-3ab.7-9; Lucas 21,12-19

ViSeteAnjosPortadoresDeSeteFlagelosAS ÚNICAS ARMAS DE JESUS (Ap.15,1-4). Aqueles que alcançaram a vitória sobre a Besta entoam o cântico dO Cordeiro. Já viram um cordeirinho, acabado de nascer, a levantar-se e a equilibrar-se nas patas? Uma mistura de vida, de energia e de imensa fragilidade. É esta a imagem que atravessa a Bíblia e que João Baptista retoma para apontar O Messias aos seus discípulos, convidando-os a caminharem com Ele. Também nós, empenhados neste combate titânico contra as potências da morte que vivem nos nossos corações e no mundo, nunca devemos esqueçer que as únicas armas de Jesus foram a mansidão, a humildade, o perdão e o amor dos inimigos…

“PELA VOSSA CONSTÂNCIA É QUE SEREIS SALVOS” (Luc.21,12-19). Palavras de sabedoria a gravar em letras de ouro para não baixar os braços! Jesus convida-nos à perseverança, a uma corrida de fundo que nada deve parar. Jesus não é um guru que nos engane prometendo-nos uma vida fácil. Ele não nos esconde as provações e as condenações à morte sempre tão actuais para os cristãos per-seguidos e, para nós, talvez os ataques dos familiares e vizinhos e as críticas ou troças dos nossos colegas, por sermos cristãos. O desafio é então dar testemunho mantendo-nos firmes. Alguns versículos mais adiante Jesus diz-nos para levantarmos as cabeças. A nossa vida é dO Senhor ressuscitado, vencedor do mal, que também nos garante: “ninguém pode arrancar-vos das mãos dO Pai”.

“Meditações Bíblicas”, trad. das Irmãs Dominicanas de Notre-Dame de Beaufort (Supl. Panorama, Ed. Bayard, Paris). Selecção e síntese: Jorge Perloiro.