TERÇA-FEIRA – 18/NOVEMBRO/2014

SaoPedroESaoPauloDedicação das BASíLlCAS de S.PEDRO e S.PAULO. A Igreja lembra os 2 Apóstolos fundadores e as 2 Basílicas erigidas na cidade de Roma : S.Pedro, símbolo e centro da Igreja Católica, e S. Paulo extra-muros, na estrada de Óstia.

Apocalipse 3,1-6. 14-22; Sal 14,2-5; Lucas 19,1-10

PARA ALÉM DOS SÉCULOS (Ap.3,1-6.14-22). As “cartas às Igrejas” (Ap.2,3) são dirigidas, para além dos dos séculos, também a nós. Com um infinito respeito pela nossa liberdade, O Senhor, está à porta do coração inteligente de cada um. Num quadro célebre, de Wiliam Hunt (1827-1910) “A luz do mundo”, na catedral de S.Paulo em Londres, Cristo bate a uma porta sem puxador, como que a sugerir que seremos nós quem, do outro lado, temos esse puxador na mão com total liberdade para lhE abrirmos ou não a porta.

“ZAQUEU DESCE DEPRESSA…”(Lucas 19,1-10). Zaqueu não estava à espera disto ! Ele queria apenas ver Jesus. Mas Jesus também o viu, e os seus olhares cruzaram-se: Zaqueu pendurado na árvore e, mais abaixo, Jesus que – como noutras passagens do Evangelho – erguia os olhos ao céu quando orava aO Pai. Há algo magnífico nestre encontro inesperado; súbitamente, Zaqueu já não pode ficar na árvore a olhar de cima. É-lhe necessário descer para reencontrar Jesus e desse reencontro nasce a sua alegria e conversão radical. Aprendamos também nós a descer do alto, a descer no nosso coração, aí onde podemos encontrar e acolher a vida de Deus!

“Meditações Bíblicas”, trad. das Irmãs Dominicanas de Notre-Dame de Beaufort (Supl. Panorama, Ed. Bayard, Paris. Selecção e Síntese: Jorge Perloiro.