SEGUNDA-FEIRA – 26/MAIO/2014

S.FILIPE NÉRI (1515-1595). Este sacerdote que sabia aliar a fé à alegria foi o fundador da “Sociedade do Oratório”, dedicada ao serviço das paróquias e à prégação. É o Patrono secundário de Roma, depois de S.Pedro.

Actos 16,11-15 ; Sal 149,1-6a. 9b ; João15, 26–16, 4a

PauloFalaAsMulheresEmFiliposNA MARGEM DE UM RIO (Act.16,11-15). O primeiro contacto de Paulo, e dos companheiros, na Europa foi repousante. As provações só virão mais tarde, infelizmente bem numerosas, a justificar as palavras proféticas de Jesus. Mas hoje é tempo de tréguas num oásis de paz. O 1º anúncio da palavra ocorreu em ambiente bucólico, campestre, junto a um rio de água fresca.
Sentaram-se na relva e O Espírito estava presente à procura de entrar nos corações e foi Lídia, que já estava próxima de Deus, a ganhá-lO primeiro. Movida pelO Espírito a nova convertida dá uma lição a Paulo, convidando-o a repousar na sua casa. O austero apóstolo começou por recusar pois nos diz : “Ela obrigou-nos a aceitar.” Aquilo que uma mulher pretende… Paulo está em acção, ele caminha, viaja, avança e realiza encontros por toda a parte. Mas o narrador dos Actos dos Apóstolos tem o cuidado de dizer que é O Senhor quem abre o espírito de Lídia.

O VERDADElRO TESTEMUNHO (Jo.15,26–16,4a). Ser missionário como Paulo, é, antes de mais, ser testemunha da acção de Deus no coração das pessoas. A atitude de Paulo que se fez servo dO Espírito, mostra o que representa esse testemunho. Porque não damos testemunho de nós mesmos, mas sim da vida dO Espírito em nós. De facto, o testemunho faz-nos penetrar no mistério da Santíssima Trindade, porque O Pai nos deu O Filho que nos enviou O Espírito. Ou, dito de outra forma: toda a missão nasce destes dom e envio. No evangelho, prestes a enfrentar as provações, Jesus anuncia aos discípulos que hão-de telas, mas que enviará O Defensor para serem verdadeiras testemunhas.

Meditações Bíblicas”, trad. das Irmãs Dominicanas de Notre-Dame de Beaufort (Supl. Panorama, Ed. Bayard, Paris). Recolha e síntese: Jorge Perloiro.