SEXTA-FEIRA – 23/MAIO/2014

SantaJoanaThouretSTA. JOANA ANTIDA THOURET (1765-1826). Fundadora da “Congregação das Irmãs da Caridade”, em Besançon, tendo como padroeiro S.Vicente de Paulo. Enfrentou sem ressentimento a cisão da sua Ordem, hoje já reunificada sob o nome de “Irmãs da Caridade de STAJoana Antida Thouret”.

Actos 15, 22-31 ; Sal 56, 8-1 ; João 15,12-17

CristoAEnsinarOsApostolosAMAI-VOS UNS AOS OUTROS (Jo.5,12-17). Não com amor sentimental mas com um amor efectivo, que compreenda e se coloque no lugar dos outros evitando tudo o que escandalizar. Mas também com um amor forte, que não deixe os irmãos adormeçerem, como na morte, em critérios e formas de ver caducas. Muitos homens e mulheres já trocaram promessas de amor e fidelidade, mas a originalidade do amor de Cristo está na sua bitola de referência : “como Eu vos amei”, ou seja até dar a vida pelos que se amam. O mandamento de Cristo é indissociavel da Cruz e do túmulo vazio: amar à maneira de Cristo passa por renúncias, esquecimento de si, mas busca a vida para quem é amado e para o que ama. Senhor !, eu deixo-Te chamar-me “meu amigo”, mas ajuda-me a responder à Tua amizade tentando amar os outros como Tu me amas !

“Meditações Bíblicas”, tradução das Irmãs Dominicanas de Notre-Dame de Beaufort (Supl. Panorama, Ed.Bayard, Paris). Selecção e síntese: Jorge Perloiro.